Home Page
top  
 

Transtornos alimentares e diabetes 

Uma refeição bem preparada é um dos grandes prazeres da vida e a maioria das pessoas saboreia o aroma, a textura e o gosto da comida. Mas, para um pequeno grupo, a comida é uma obsessão, carregada com sentimentos de culpa e vergonha.

Essas pessoas são tão preocupadas com a comida, peso e imagem corporal que não conseguem comer normalmente. E se sentem tão envergonhados pelos seus hábitos alimentares anormais que procuram escondê-los a todo custo.

Estas características são comuns em portadores de transtornos alimentar. Isto é grave por si só, mas quando associado a diabetes (tipo 1 ou 2), as conseqüências podem ser devastadoras.

Tipos e causas dos transtornos alimentares

Há três tipos gerais de transtornos alimentares: a anorexia nervosa; a bulimia nervosa; e o transtorno da compulsão alimentar periódica ou transtorno do comer compulsivo.

As causas destes problemas ainda não são totalmente entendidas, mas sabe-se que os transtornos alimentares, apesar do nome, têm mais a ver com sentimentos do que com comida.

Pessoas com transtornos alimentares costumam se sentir impotentes e inseguras, e suas vidas parecem estar fora do controle. Depressão, baixa auto-estima, culpa, vergonha, mudanças de humor, solidão, infelicidade e raiva também são sentimentos comuns nestes transtornos. Assim como a crença de que o tamanho do corpo, real ou imaginário, é a única base de avaliação da pessoa. Afinal, todos os programa de TV, filmes e revistas dão a mesma mensagem de que a pessoa desejável é a pessoa magra.

Quem está em risco?

Embora os transtornos alimentares possam afetar pessoas de ambos os sexos e todas as idades, as mulheres são as mais afetadas, especialmente pela anorexia e pela bulimia.

Já com o transtorno do comer compulsivo, é um pouco diferente. Enquanto a anorexia e a bulimia acontecem na proporção de 10 mulheres para cada 1 homem, esta taxa cai para 3 mulheres para cada 2 homens no transtorno do comer compulsivo. Além disso, com freqüência, este transtorno começa mais tarde na vida.

Este mês estaremos conhecendo um pouco mais sobre anorexia.

Ana_Lyse
TOPO

 
borda   borda